Busca

Bee View – arquitetura das palavras

Fazemos pelo seu texto o que o arquiteto faz pela sua casa.

Projeto Jornal na Escola

Arte: Bee View
Arte: Bee View

Acabamos de mandar o pequeno anúncio para publicação na Revista Ache.

Trata-se de um projeto ousado de comunicação para escolas. Fazemos desde o projeto editorial e gráfico à impressão (terceirizada), com pacotes especiais conforme a periodicidade, tiragem e produtos incorporados, como newsletter, conteúdo para site, cobertura de eventos, e revisão para toda a comunicação da escola, de comunicados a projetos pedagógicos.

Nossa equipe conta com profissionais experientes na grande imprensa, em assessoria de comunicação de grandes empresas e redes de escolas, fotografia e redação contemporânea.

Quer saber como fazer o boletim informativo da sua escola?
Agende uma visita e solicite um orçamento!

Confira no link abaixo uma edição eletrônica de um boletim que também foi impresso.

 

Anúncios

Apresentação: Projeto Saúde Visual (CBE – Eventos)

Link do arquivo em PDF – folder de apresentação de um projeto de uma empresa de eventos empresariais.

http://issuu.com/beeview/docs/projeto-saude-visual-cbe-empresas-apresentacao

Fizemos a concepção da arte, o texto e a diagramação, com base no material original do cliente, e informações. A necessidade era passar mais credibilidade e profissionalismo.

Fazendo Arte – folder e banner

Folder Fazendo Arte, julho 2012
Folder Fazendo Arte, julho 2012. Brief: destaque para os cursos, identificação do público alvo (adultos, jovens e crianças), informar que aluga o espaço, e dar ideia de movimento, já que as atividades são corporais.

Uma vírgula muda tudo

Eu estava aqui pensando sobre a Bíblia. Nas traduções do original, o conteúdo bíblico não está intacto, especialmente no português. Mas é pouca coisa – só que gera incoerência e contradição. Como a resposta de Cristo ao ladrão da cruz: “Em verdade te digo hoje: estarás comigo no paraíso” (original) e “Em verdade te digo: hoje estarás comigo no paraíso.” (Uma vírgula muda tudo).

Se fosse agora, em São Paulo, Jesus diria: “Cara, na moral, vou te falar uma coisa, sério mesmo: a gente vai se encontrar no paraíso, brother.”

Cartaz – festa do milho

Festa caipira do milho verde
Convite

Dê palavras de presente

Neste Dia dos Namorados, que tal presentear com palavras?

Um jogo bem interessante para enquanto esperam o gourmet a domicílio ou o prato no restaurante, pegar papel e caneta para anotar as qualidades da pessoa amada. Prepare duas folhas e duas canetas, e marque um tempo no relógio para escrever o que vier à mente, de forma aleatória. Vale colocar também aquele defeitinho charmoso. E aproveite o jantar para trocarem os papeis e conversarem sobre essas características. Reforçando que é uma forma de criar intimidade e se conhecerem melhor, e não para criar desavenças e humilhações – o que seria o efeito contrário da proposta. Se o casal conseguir sair da conversa mais unido, certamente terá valido mais do que o jantar ou o presente caro que compraram um para o outro.

Não esqueça que as palavras movem e destroem o mundo. Elas dão vida e matam.

http://www.ccsp.com.br/ultimas/58336/Alma

ONG lança assessoria para estudantes brasileiros na Bolívia

Estudante brasileiro estabeleceu parcerias, reuniu informações e criou o serviço de suporte a brasileiros durante o período de estudos na Bolívia

Aula de medicina com alunos brasileiros em universidade boliviana.
Aula de medicina com alunos brasileiros em universidade boliviana.

Estudar fora do Brasil é um sonho que faz a cabeça de muitos estudantes, especialmente por causa do aprendizado ou aperfeiçoamento de uma nova língua e a experiência cultural que proporciona. Mas pode ser muito mais do que isso e ainda representar uma economia significativa ao longo de todo o curso, principalmente quando se fala da faculdade de medicina, uma das mais caras do Brasil. Nesse caso, a maior atração para os brasileiros é a Bolívia. Lá o curso é considerado de alto nível, com excelentes profissionais atuando em diversos países e o ingresso na universidade de medicina dispensa o rigoroso exame de vestibular. E ainda dá tempo para se matricular para este semestre até o mês de março.

Uma mensalidade do curso de medicina custa a partir de 260 reais nas melhores universidades. Para o curso inteiro, levando-se em conta gastos com livros, equipamentos e moradia, isso pode representar uma economia de 80% em relação ao preço do Brasil. E esse é um dos principais motivos que leva muitos brasileiros a escolherem a Bolívia. Algumas universidades de lá estão passando pelo processo de acreditação junto ao Mercosul – isso assegura critérios regionais de qualidade de cursos de graduação e as equipara as melhores universidades dos países que fazem parte do Mercosul.

Por experiência própria, o estudante de medicina Esdras Oliveira, que está em sua terceira graduação, aos 42 anos de idade, garante que é perfeitamente possível estudar na Bolívia, mas é preciso estar preparado para que o sonho não se transforme em pesadelo.

É que alguns “espertinhos” resolvem cobrar valores absurdos dos estrangeiros por serviços que custariam bem menos, como o aluguel da casa, a corrida do táxi, a refeição no restaurante. A prática tende a se tornar lucrativa – estima-se que há cerca de 8 mil estudantes brasileiros em Santa Cruz de La Sierra. A grande maioria estuda medicina ou engenharia de petróleo. E para quem já possui graduação na área da saúde, o curso de medicina pode ser reduzido de 6 para 4 anos, mediante convalidação de disciplinas.

Foi pensando nisso que Oliveira agregou à ONG Voz da Vida, que ele já havia criado há alguns anos, o serviço de assessoria para estudantes brasileiros interessados em estudar medicina, odontologia, arquitetura, engenharia de petróleo ou qualquer outro curso superior na Bolívia. O serviço de assessoria inclui: matrícula na universidade, checagem da documentação necessária, recepção no aeroporto e encaminhamento para hotel ou local de hospedagem escolhido pelo estudante, completa assessoria jurídica, acompanhamento na locação de imóvel, seguro de saúde, indicação de taxistas que cobram o preço justo, advogados para possíveis problemas com a polícia ou imigração boliviana, suporte para solução de questões acadêmicas e informações sobre a universidade boliviana que mais facilita a obtenção do CRM para quem deseja exercer a medicina no Brasil.

Com todo esse suporte, a ONG Voz da Vida pretende contribuir para que o período de estudos no exterior seja o mais agradável possível, sem surpresas ou imprevistos, tendo acesso a serviços de confiança que podem evitar traumas e prejuízos.

Toda a facilidade oferecida pela ONG visa proteger o estudante brasileiro na Bolívia e dar segurança aos familiares que ficam no Brasil.

Para ter acesso aos profissionais parceiros e todas as demais informações que a ONG disponibiliza por meio dessa assessoria, o estudante paga uma taxa de associação única e anual, que visa colaborar com os custos da estrutura da ONG e pesquisa de campo.

Site: www.vouprabolivia.com.br  E-mail: contato@vouprabolivia.com.br

Contato para imprensa: Bee View – Arquitetura das Palavras

Débora Carvalho – debora@beeview.com.br  Telefone: 11 2839-0531 / 8616-2379

Pauta: Rede social abre portas para a solidariedade

Woco News e seu criador, Alan Lima

Usuários podem indicar ONGs para serem beneficiadas com divulgação gratuita ou destinação de verba

A rede social Woco News, lançada oficialmente no dia 30 de junho, Dia Mundial da Rede Social, nasceu com foco na responsabilidade social. Os donos de perfis podem indicar ONGs para receberem espaço gratuito de publicidade, ou destinação de verba de anunciantes solidários.

Segundo o criador do projeto, o baiano Alan Lima, a ação irá beneficiar muitas instituições humanitárias, com visibilidade gratuita e com parte da receita publicitária da rede social. “A seleção das instituições a serem beneficiadas será responsabilidade dos próprios usuários da rede social. Assim, podemos nos certificar de colaborar com projetos sérios”, explica o jovem empreendedor.

Até o lançamento oficial, a Woco News (World Community News) já contava com mais de 20 mil perfis cadastrados. E continua crescendo rapidamente. Com foco em notícias e negócios, outra inovação exclusiva é a participação direta do usuário na administração de 30% do espaço destinado à publicidade na comunidade. “É o dono do perfil quem decide o que e por que valor anunciar em 30% dos espaços determinados”, revela Alan Lima.

Adaptada ao idioma português, a Woco News dispõe de 255 toques para texto, além de foto e vídeo no mesmo espaço.

Endereço: www.woconews.com

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑